PM-SP: autorizado novo concurso para 3.741 vagas

Foi publicada em diário oficial, a autorização do governador Geraldo Alckmin, para a realização de concurso público para o cargo de soldado da Polícia Militar do estado de São Paulo (PM/SP). Ao todo são 3.741 vagas, conforme anunciado pelo governador na última quarta-feira, dia 11, durante evento para a entrega de 216 viaturas para a Polícia Militar de São Paulo (PM/SP), no Vale do Anhangabaú. A autorização também prevê o preenchimento de mais vagas durante o prazo de validade do certame, de acordo com as necessidades que forem surgindo.

De acordo com responsáveis pela seção de planejamento da divisão de seleção e alistamento da PM/SP, a intenção é que o total de vagas seja dividido por dois concursos públicos, como ocorreu em 2014. Desta forma, a publicação do primeiro edital deve ocorrer ainda no primeiro semestre. Porém, o número de vagas que será destinado para cada certame ainda será definido. Em 2014 foram dois concursos, com 2.000 vagas cada.

A remuneração inicial da categoria é de R$ 2.901,03, já considerando o adicional de insalubridade de R$ 543,27.

PMSP-225x300 (1)

Para concorrer é necessário possuir ensino médio, idade de 18 a 30 anos e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias “B” ou “E”. Além disso, é necessário possuir altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres.

Vale ressaltar que os concursos da corporação não contam mais com distribuição de vagas específicas para cada sexo.

Seleção

O processo seletivo é composto por provas objetivas, redação, prova de condicionamento físico, exames de saúde, avaliação psicológica, investigação social e análise de documentos e títulos.

No último concurso da PM/SP, realizado no segundo semestre de 2014, a parte objetiva contou com 50 questões, versando sobre língua portuguesa (18), matemática (12), conhecimentos gerais (dez), noções de informática (cinco) e noções de administração pública (cinco). A redação costuma ser aplicada no mesmo dia, mas somente é corrigida dos aprovados na parte objetiva.

Na seleção anterior, os candidatos puderam optar pelo local de aplicação de provas, nas cidades de Araçatuba, Bauru, Campinas, Piracicaba, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo e Sorocaba. A organizadora foi a Fundação Vunesp.

Compartilhar