Governo de Roraima deve convocar 70 aprovados no concurso da PM

Setenta candidatos aprovados no último concurso da Polícia Militar de Roraima serão convocados, segundo o governo do estado. De acordo com a PM, eles devem ingressar no curso de formação de policiais ainda em novembro.

Segundo o governo, a medida faz parte de um grupo de ações adotadas para combater a criminalidade no estado. Nesta semana, dois soldados da PM foram assassinados na capital.

“Esses homens que serão convocados passarão pela Academia de Polícia Integrada e até a metade do próximo ano estarão a serviço da população, nas ruas”, afirmou o comandante geral da PM, coronel Dagoberto Gonçalves.

Além da convocação, o governo também solicitou para a Secretaria Nacional de Segurança Pública o retorno imediato de 30 policiais militares que atuam na Força Nacional de Segurança.

Outra medida adotada para reforçar o combate à criminalidade é reduzir pelos próximos 10 dias as folgas das escalas de serviço.

“Estamos reformulando as escalas de plantão para reforçar o policiamento e termos mais policias nas ruas. Quem tira plantão de 12 horas, descansará 24 horas, e quem tira 24 horas descansará 48 horas”, disse Gonçalves.

Os policiais irão trabalhar em uma Força Tarefa que irá atuar na capital e no interior durante os próximos dias.

“Estaremos nas fronteiras da Capital, nas ruas, no interior, nas fronteiras estaduais combatendo as ‘manchas da criminalidade’. Nosso objetivo é restabelecer a ordem”, disse.

Denúncias
Quem tiver informações sobre a prática de crimes ou o paradeiro de foragidos do sistema penitenciário pode repassar à polícia através do telefone 190, (95) 99139-9529 ou 0800 278 0130. A identidade dos informantes será preservada.

Apostilas para o concurso da PM-BA
Compartilhar