Dicas para PASSAR no concurso da PM-BA 2017

Quem tem acompanhado o noticiário dos Concursos no Brasil já sabe que, enfim, foi anunciado pelo governador Rui Costa a realização de um novo concurso público para os Cursos de Formação de Soldados (2 mil vagas) e de Oficiais (60) da Polícia Militar da Bahia. De acordo com a notícia dada no dia 14/12/2016, outras 20 vagas serão destinadas a Oficiais Médicos e 10 para Oficiais Odontólogos.

No caso do Corpo de Bombeiros da Bahia, a oferta será de 750 vagas para Soldados e 30 para Oficiais. “Nossa meta é que, em 2018, já teremos esses novos concursados reforçando o trabalho da PM e dos bombeiros”, disse o governador. Ao todo, serão 2.870 novos policiais para reforçar a segurança pública na capital e no interior do estado a partir de 2018. O último certame ofereceu 2 mil vagas.

capa-220x300

Para Soldado, é importante lembrar que, se forem seguidas as características do último edital, além da escolaridade (nível médio), o candidato precisa ter idade entre 18 e 30 anos, estatura mínima 1,60 m (sexo masculino) a 1,55 m (sexo feminino) e Carteira Nacional de Habilitação válida, na categoria B. O momento, para muitos precavidos, é de revisar todo o conteúdo do último seletivo, enquanto que para outros, é momento de planejar e começar os estudos.

Provas

Nos estudos, os candidatos que ainda vão começar a estudar precisam estruturar um plano de estudos que faça do candidato um concorrente à altura dos demais, que supostamente poderão estar mais preparados (tem candidato que vem estudando há mais tempo). Em 2012, durante a preparação para o concurso PM BA, a coordenadora do Curso Ideal, Oilza Mendes, orientou aos candidatos que a corrida contra o tempo deve ter eficiência, para que se alcance uma aprovação. “O foco e a disciplina devem ser as maiores ferramentas do estudante”, enfatizou. O mesmo conselho é válido para 2017!

Organizadora

Ainda não há como saber qual será a organizadora do concurso PM BA 2017, mas como a última foi a Fundação Carlos Chagas, dá para dizer com clareza que os candidatos têm um bom ponto de referência para estudar. A FCC provavelmente deva entrar na disputa licitatória, justamente por ter um histórico de serviços prestados no Estado da Bahia.

Os concurseiros não devem subestimar as avaliações da Fundação Carlos Chagas. Segundo professores, nas questões de múltipla escolha da FCC, é característico a formulação de perguntas com muitas “pegadinhas” (exemplo: “marque a alternativa INCORRETA”), o que pode induzir o candidato a responder a opção errada, se não estiver atento e com uma boa preparação prévia.  Segundo estudo feito pelo professor Wilson Granjeiro, a FCC traz uma abordagem que valoriza bastante a gramática normativa (regras gramaticais), explorando questões sobre acentuação, a nova ortografia, verbo, funções sintáticas, concordância e regência.

Concorrência

Não tenha dúvida de que este continuará sendo um certame de grande concorrência – muito provável de ser ainda mais, considerando a atual situação financeira dos Estados brasileiros e o nível de desemprego geral. Os interessados deverão estudar com os “pés no chão”, cientes de que turmas e mais turmas se formarão em cursinhos virtuais ou presenciais. Todos estarão dispostos a fazerem o máximo para enfrentar bem a maratona das provas. Então, se você quer ser mais um desse grupo, adiante-se!

Apostila preparatória para a Polícia Militar – Bahia Soldado 2017

Os conteúdos 

Por se tratar de um concurso para o nível médio (estamos nos referindo a Soldado PM), não é esperado que os conteúdos de estudo apresentem uma complexidade acentuada. Por exemplo, aqueles assuntos voltados para Língua Portuguesa irão exigir dos candidatos somente domínios elementares. Entretanto, a situação tenderá a se agravar um pouco, pois sabemos que também será cobrada redação.

Se o cenário for um pouco similar ao de 2012, é provável que, no “conjunto da obra”, as provas de português e de redação acabarão por ser, de fato, os maiores temores de quem prestará o concurso da PM BA 2017. Aliado a isso está o fato – comprovado – de que parte considerável dos candidatos é composta por gente que terminou o Ensino Médio há um bom tempo e possivelmente sentirá algumas dificuldades em redigir um bom texto ou fazer interpretações textuais.

Os candidatos devem aproveitar todo o tempo disponível a partir de agora para realizar atividades importantes, como revisões de conteúdos e leitura mais cuidadosa dos assuntos. O momento não é de pressa, mas de calma, e isso é favorável a todos. Conforme destacou o professor João R. Marques Melo, os candidatos que decidirem intensificar os estudos fazendo cursinhos, deverão redobrar as atenções, inclusive treinando muita interpretação de texto e redação fora da sala de aula.

Outras matérias: Os professores alertam que as outras áreas cobradas – atualidades, raciocínio lógico, história e geografia do Brasil, direito penal, direitos humanos, direito administrativo e constitucional – devem ter seus dias separados para revisão. Há também que se lembrar de que uma das novidades da prova deste ano é a cobrança de conhecimentos gerais sobre IGUALDADE RACIAL E DE GÊNERO. Trata-se, segundo os especialistas, de uma tendência encontrada em vários concursos policiais pelo Brasil, até mesmo para que se forneça um preparo mínino aos novos policiais admitidos quanto às questões que envolvam raça e gênero (legislação específica estadual, as tipologias criminais, etc).

TAF – Teste de Aptidão Física – Os candidatos não devem menosprezar esta etapa, que é tão relevante quanto as provas objetivas e – detalhe – não será uma prova aplicada pela FCC, mas sim pela própria PMBA! Vale muito à pena reforçar seus conhecimentos a respeito e solicitar a consultoria de um especialista, a fim de que se consiga ter um bom desempenho no TAF. Esta fase exigirá treinamento prévio, portanto, o candidato deverá incluir essa preparação em seu planejamento de estudos (pelo menos uma hora de exercícios por dia, mesmo para aqueles que não praticam atividade física).

Detalhes sobre a Prova Discursiva – Redação

Caso se repita a estrutura de avaliação de 2012, somente será corrigida a Prova Discursiva – Redação candidatos habilitados na 1ª Etapa (Prova Objetiva) em até seis vezes o número de vagas, conforme opção por Cargo/Quadro de Praças/Região de Classificação – Município/Sede e Sexo (masculino ou feminino). Além disso, mesmo que o candidato tenha alcançado 50 pontos na Prova Objetiva, somente terá sua Prova Discursiva – Redação corrigida se sua classificação estiver dentro do número de vagas previsto (até seis vezes o número de vagas, conforme explicado antes).

A Prova Discursiva – Redação do último concurso apresentou três temas versando sobre uma ou mais disciplinas/assuntos do Conteúdo Programático exposto no Anexo I do Edital 2012. No entanto, o candidato deverá desenvolver apenas um dos temas.

Na avaliação dos textos produzidos, serão considerados:

– O Conteúdo: até 40 pontos para a consistência dos argumentos, a clareza, coerência, capacidade de análise crítica, a perspectiva adotada no tratamento do tema;

– a Estrutura: até 30 pontos para o respeito ao gênero solicitado, a progressão textual, articulação das frases e dos parágrafos, e

– A Expressão: até 30 pontos para a avaliação da expressão do candidato em sua estreita correlação com o conteúdo desenvolvido, o desempenho linguistico de acordo com o nível de conhecimento exigido, a adequação do nível de linguagem adotado à produção proposta e coerência no uso e ao domínio da norma culta formal.

E quanto ao tamanho do texto a ser produzido? Poderá conter um mínimo de vinte linhas e um máximo de 30, nada mais.

Cronograma de estudos

Sugerir cronogramas de estudos é uma tarefa que precisará sempre levar em conta as disponibilidades de cada um, principalmente as de tempo, ou mesmo as de recursos didáticos ou financeiros. A nossa sugestão irá levar em conta o fator “tempo”. Assim, preparamos dois planos escritos de programação para estudos:

capa-220x300

Apostila preparatória para a Polícia Militar – Bahia Soldado 2017

Plano A – para quem tem somente o período noturno livre:

NOITE – SEGUNDA A SEXTA DAS 19:00 ÀS 23:30
Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Domingo
Português e redação Geografia do Brasil e atualidades Raciocínio-lógico quantitativo e noções de direito penal Noções de direito constitucional e de direitos humanos História do Brasil e noções de direito administrativo Simulados
Horário a critério
Simulados
Horário a critério
O concurseiro deverá fazer breves intervalos entre uma matéria e outra

Plano B – para quem tem o dia inteiro livre

DIA INTEIRO – SEGUNDA A SEXTA DAS 08:00 ÀS 12:00/ 14:00 ÀS 18:00
Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Domingo
Português Geografia do Brasil Raciocínio-lógico quantitativo Noções de direito constitucional História do Brasil Simulados
(apenas pela manhã)
Descanso semanal
Redação e simulados Atualidades e simulados Noções de direito penal  Noções de direitos humanos e simulados Noções de direitos humanos e simulados Simulados
(apenas pela manhã)
Descanso semanal
O concurseiro deverá fazer breves intervalos entre uma matéria e outra

 

Apostilas para o concurso da PM-BA
Compartilhar